Da estante – Some Time in New York City (1972), John Lennon & Yoko Plastic Ono Band

Some Time in New York City: disco extremamente político e subestimado de John Lennon

Some Time in New York City: disco extremamente político e subestimado de John Lennon

Só pode ser a birra com a Yoko. De que outra forma um disco tão foda pode ser tão subestimado até hoje? Sometime in New York City, lançado em 1972, é o terceiro disco de John Lennon depois da separação dos Beatles, e um dos mais políticos (talvez O mais) de sua carreira. Auge da parceria entre Lennon e sua mulher Yoko Ono, o álbum traz composições angustiadas e explicitamente anti-status quo (um reflexo da época conturbada em que John lutava contra as tentativas de sua deportação dos EUA, promovidas pelo governo Nixon). Obviamente que é preciso ter um paladar musical mais maduro para entrar na vibe gritona de Yoko, principalmente no lado mais experimental do disco. However, Sometime in New York City traz lindos e poderosos momentos de rebeldia, como “Born in a Prison” (de Yoko) e a polêmica “Woman is the Nigger of the World” (que chegou a ser banida de muitos lugares pelo uso da “N word”). Definitivamente um trabalho digno de um ex-Beatle, principalmente se tratando de John Lennon, o mais interessante entre o quatro rapazes de Liverpool.

This entry was posted in Da estante and tagged , , by O musicólogo. Bookmark the permalink.

About O musicólogo

Musicologia é o estudo científico ou mesmo a ciência da música. Considera-se musicologia a atividade do musicólogo enquanto ofício do pesquisador em música, diferenciando-se das outras duas grandes áreas da música: a invenção (ofício do compositor) e a interpretação/performance (ofício do instrumentista, cantor ou regente).

Uma resposta para “Da estante – Some Time in New York City (1972), John Lennon & Yoko Plastic Ono Band

  1. Este álbum tinha mesmo de ser patrulhado ideologicamente tanto nos EUA quanto no Brasil dos anos 70. Acontece que até hoje, passados mais de 30 anos do lançamento, as músicas deste álbum duplo nem mesmo tocam nas rádios, qual será o motivo? Eu tenho este álbum no vinil, é até melhor do que em CD. Depois de “Sunday Bloody Sunday” o mínimo que os ingleses chamaram Lennon foi de traidor. Quando falamos nessa música, confundem com a homônima do U2. “Some Time in NYC” é o melhor disco de protesto que já ouvi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s