Time Capsule – Françoise Hardy, “Le Temps de L’Amour” (1962)

Françoise Hardy: "o tempo do amor"

Françoise Hardy: “o tempo do amor”

Essa chanson pegada da década de 1960 (sente o baixo, só sente…) acabou trazida de volta à pauta por integrar a trilha sonora do filme Moonrise Kingdom (2012), de Wes Anderson – embora eu esteja aqui me rasgando tentando lembrar em qual outro filme/série atual eu ouvi esse som esses dias (com certeza não foi no Moonrise Kingdom porque eu sei [com a confirmação de testemunhas] que dormi antes da cena em que a música se faz presente na película do diretor do ótimo A Vida Marinha com Steve Zissou). De qualquer maneira, vale o remember/confere.

Le Temps De L’Amour

C’est le temps de l’amour
Le temps des copains
Et de l’aventure
Quand le temps va et vient
On ne pense à rien
Malgré ses blessures
Car le temps de l’amour
C’est long et c’est court
Ça dure toujours
On s’en souvient
On se dit qu’à vingt ans
On est le roi du monde
Et qu’éternellement
Il y aura dans nos yeux
Tout le ciel bleu
C’est le temps de l’amour
Le temps des copains
Et de l’aventure
Quand le temps va et vient
On ne pense à rien
Malgré ses blessures
Car le temps de l’amour
Ça vous met au cœur
Beaucoup de chaleur
Et de bonheur
Un beau jour c’est l’amour
Et le cœur bat plus vite
Car la vie suit son cours
Et l’on est tout heureux
D’être amoureux
C’est le temps de l’amour
Le temps des copains
Et de l’aventure
Quand le temps va et vient
On ne pense à rien
Malgré ses blessures
Car le temps de l’amour
C’est long et c’est court
Ça dure toujours
On s’en souvient
On s’en souvient
On s’en souvient
Car le temps de l’amour
C’est long et c’est court
Ça dure toujours
On s’en souvient
On s’en souvient
On s’en souvient


O Tempo do Amor

É o tempo do amor
O tempo dos amigos
E da aventura
Quando o tempo vai e vem
Nós não pensamos de nada
Apesar das feridas dele
Porque o tempo do amor
É longo e é curto
Que sempre último
Nós nos lembramos disto
Nós dizemos a nós mesmos que em vinte anos
Nós somos o rei do mundo
E que eternamente
Haverá em nossos olhos
Todo o céu azul
É o tempo do amor
O tempo dos amigos
E da aventura
Quando o tempo vai e vem
Nós não pensamos de nada
Apesar das feridas dele
Porque o tempo do amor
Isso o põe no coração
Muito calor
E de felicidade
Um dia bonito é o amor
E o coração bate mais rapidamente
Porque a vida continua
E nós estamos bastante contentes
Para estar apaixonado
É o tempo do amor
O tempo dos amigos
E da aventura
Quando o tempo vai e vem
Nós não pensamos de nada
Apesar das feridas dele
Porque o tempo do amor
É longo e é curto
Que sempre último
Nós nos lembramos disto
Nós nos lembramos disto
Nós nos lembramos disto
Porque o tempo do amor
É longo e é curto
Que sempre último
Nós nos lembramos disto
Nós nos lembramos disto
Nós nos lembramos disto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s