Originais & Originados – Gloria Jones (1965/1976) x Soft Cell (1981) x Marilyn Manson (2001) – “Tainted Love”

Gloria Jones e Marc Bolan  em registro dos anos 1970: e não é que ela é a mãe do hit (gravado duas vezes) que eu creditava ao Soft Cell?

Gloria Jones e Marc Bolan em registro dos anos 1970: e não é que ela é a mãe do hit (gravado duas vezes) que eu creditava ao Soft Cell?


Eis aí uma música que me surpreendeu quando descobri que se tratava de uma versão. Eu podia jurar que era uma composição original do Soft Cell (1981), mas na verdade a confessional “Tainted Love” é uma canção de Gloria Jones (1965), regravada novamente pela artista com uma pegada disco em 1976 para aproveitar uma onda súbita de popularidade. A música ainda foi revisitada por Marilyn Manson para a trilha do filme de comédia besteirol Not Another Teen Movie (2001) – pelo menos as gerações mais novas puderam conhecer essa pérola pop.

ORIGINAL – GLORIA JONES – TAINTED LOVE (1965)

 

ORIGINAL – GLORIA JONES – TAINTED LOVE (1976)

 

ORIGINADA – SOFT CELL – TAINTED LOVE (1981)

 

ORIGINADA – MARILYN MANSON – TAINTED LOVE (2001)

Anúncios

Originais & Originados – Daft Punk x Vários

Daft Punk: eu adoro o Daft Punk. Mas… O duo de música eletrônica parece ter um grande talento oculto: o de samplear “na cara dura” trechos poderosos de músicas obscuras para compor seus próprios hits

Daft Punk: eu adoro os caras.  Mas… O duo francês de música eletrônica parece ter um grande talento oculto – o de samplear trechos poderosos de músicas obscuras para compor seus próprios hits

Parafraseando o vídeo que inspirou este post (o primeiro abaixo): eu adoro o Daft Punk. Mas… O duo de música eletrônica parece ter um grande talento oculto: o de samplear “na cara dura” trechos poderosos de músicas obscuras para compor seus próprios hits. A seguir você encontra uma vídeo-colagem produzida pelo blog MusicThing que emparelha vários sucessos (a maioria deles presentes no álbum Discovery, de 2001) da “misteriosa” dupla parisiense que se veste como um par de robôs com as canções que os “inspiraram”. Logo na sequência eu destrincho essa playlist – na ordem do vídeo – colocando as originais e as originadas lado a lado (ou melhor, uma embaixo da outra).

Evidentemente que isso não é uma crítica à cultura do sampler (e quem acessa esse blog sabe disso), antes, uma cândida visita (e sincera homenagem) aos artistas que deram combustível para mais esse fenômeno da música contemporânea. Afinal, não se pode dizer que o Daft Punk não criou algo novo com os recursos que eles… Bem… “Aproveitaram”. E, como eu disse logo no início, sou fã dos caras – eles são fodas, independentemente de qualquer coisa.

VÍDEO – WHERE DAFT PUNK GOT THEIR SAMPLES FROM (MUSICTHING)

 

[[[[A PLAYLIST]]]]:

ORIGINAL – EDWIN BIRDSONG – COLA BOTTLE BABY (1979)

ORIGINADA – DAFT PUNK – HARDER, BETTER, FASTER, STRONGER (2001)

———————————————————————————————————————

ORIGINAL – GEORGE DUKE – I LOVE YOU MORE (1979)

ORIGINADA – DAFT PUNK – DIGITAL LOVE (2001)

———————————————————————————————————————

ORIGINAL – LITTLE ANTHONY & THE IMPERIALS – CAN YOU IMAGINE (1977)

ORIGINADA – DAFT PUNK – CRESCENDOLLS (2001)

———————————————————————————————————————

ORIGINAL – BARRY MANILOW – WHO’S BEEN SLEEPING IN MY BED (1979)

ORIGINADA – DAFT PUNK – SUPERHEROES (2001)

———————————————————————————————————————

ORIGINAL – BREAKWATER – RELEASE THE BEAST (1980)

ORIGINADA – DAFT PUNK – ROBOT ROCK (2005)

Originais & Originados – Labelle x All Saints x Christina Aguilera, Lil’ Kim, Mya e Pink – “Lady Marmalade”

Labelle em foto de Bob Gruen: o "Voulez-vous coucher avec moi (ce soir)?" sobreviveu por décadas

Labelle em foto de Bob Gruen: o “Voulez-vous coucher avec moi (ce soir)?” sobreviveu por décadas

Não é sempre que uma canção atinge a primeira posição na parada da Billboard por duas vezes em um período de cerca de 25 anos. Mas aconteceu com “Lady Marmalade” e sua pegada suingada e atmosfera burlesca. Inicialmente lançada em 1974, no álbum Nightbirds do trio vocal feminino Labelle (e atingindo o topo das paradas no ano seguinte), a música foi regrava da pelo grupo inglês All Saints (lembra?) em 1998 e, mais tarde, em 2001, por Christina Aguilera, Lil’ Kim, Mya, Pink – com produção de Missy Elliott – para a trilha do filme Moulin Rouge!, ocupando o primeiro lugar da Billboard por cinco semanas seguidas no mesmo ano.

É, o verso “Voulez-vous coucher avec moi (ce soir)?” – algo como “Você quer ir para a cama comigo (esta noite)?” – sobreviveu bem a pelo menos três décadas. Será que qualquer hora surge uma nova versão? Por enquanto, confira as três que já habitaram o mundo do pop:

ORIGINAL – LABELLE – LADY MARMALADE (1974)

 

ORIGINADA – ALL SAINTS – LADY MARMALADE (1998)

 

ORIGINADA – CHRISTINA AGUILERA, LIL’ KIM, MYA E PINK – LADY MARMALADE (2001)